Entregas GRÁTIS a partir de 39€, em Portugal Continental Ver alterações COVID-19

Descobre as 5 Melhores Plantas Para Quartos

Plantas para quartos- costela de adão

Descobre as 5 Melhores Plantas Para Quartos

O quarto amazónico é o objetivo máximo de qualquer “plantlover”, mas muitas das vezes colocamos plantas que requerem imensa atenção num espaço que deve ser de descontração. Por isso, vamos partilhar as 5 melhores plantas para quartos, perfeitas para esta divisão tão importante da nossa casa. Plantas grandes, magníficas e de baixa manutenção.

Sansevieria trisfasciata

A Sansevieria trisfasciata, ou língua da sogra,é a planta ideal para o quarto. Por ser originária da África Central, não precisa de muita humidade e, consequentemente, de muita água. Por isso, não é necessário regá-la regularmente.

Por crescer na vertical, não ocupa muito espaço e pode ser colocada em zonas de pouca luz bem como em sol direto. Se a mudar drasticamente de um ambiente de pouca luz para sol direto ou vice-versa, a planta irá mostrar sinais de queimadura ou de folhagem seca.

Apesar de ser uma planta muito resistente, é necessário climatizá-la ao espaço. É uma planta de crescimento lento, por isso os preços podem ser ligeiramente elevados, comparados a outras plantas de interior mais comuns.

Monstera deliciosa

A Monstera deliciosa, ou costela-de-Adão, é uma das plantas tropicais mais resistentes, tornando-as perfeitas para esta divisão. Ela adapta-se a climas tanto de pouca como de muita luz natural. Por ser uma planta capaz de trepar, pode ser estilizada no quarto, ocupando o espaço vertical ou horizontal, mediante a colocação, ou não, de um tutor. Se tiver um tutor e com a ajuda de muita luz natural, esta planta pode chegar a enormes proporções em poucos anos.

A Monstera deliciosa é uma planta de crescimento rápido e de fácil propagação caso seja necessário, por isso poderá encontrá-la a um preço bastante acessível no mercado. Junta-se a isso, o facto de ser uma das plantas de interior mais trendy do momento.

Zamioculcas zamiifolia

A Zamioculcas zamiifolia pode ser encontrada facilmente em dois tons, em verdes ou pretos (raven). São plantas que vivem habitualmente por baixo das copas das árvores, desse modo não necessitam de muita luz natural porque as suas folhas têm imensa clorofila, dando-lhes aquele verde chamativo.

Por outro lado a Zamioculca Raven precisa de mais luz natural por não possuir tanta clorofila. São originárias da África Tropical e estão habituadas a bons níveis de humidade, bem como a longos períodos sem água. Por essa razão, não precisam de ser regadas tão frequentemente e são aconselháveis para qualquer “plantkiller”.

Para os quartos mais pequenos e sem espaço na horizontal esta planta é das mais indicadas. Crescem sempre na vertical e podem, no seu estado adulto, chegar a 1 metro de altura.

Epipremnum pictus ‘Argyraeus’

A Epipremnum pictus ‘Argyraeus’, ou jiboia prateada como também habitualmente lhe chamam, é outra das plantas tropicais ótimas para colocar no quarto e ter a minifloresta que desejamos. Não precisa de muita luz natural e pode ser colocada como planta trepadeira ou pendurada.

As suas folhas prateadas refletem luz, dando-lhes um toque muito sofisticado. São originárias da Indonésia e por essa razão estão habituadas a climas com muita humidade. Ao contrário das jiboias comuns, estas crescem mais lentamente.

As Epipremnum não têm tamanho definido e crescem quase infinitamente, se as deixarmos. Para quem não tem espaço no chão, podem ser facilmente colocadas em prateleiras ou até mesmo presas no teto, através de vasos com gancho ou macramés, por exemplo.

Spathiphyllyum wallisii

A Spathiphyllum wallisii, ou lírio da paz, é atualmente uma das plantas de interior mais comuns nas casas de qualquer “plantlover” e é fácil de perceber o porquê. Por ser originária da América Central, esta espécie adora ambientes com alguma humidade e de pouca a muita luz difusa.

Ao contrário das quatro mencionadas acima, esta planta precisa de ser regada mais regularmente, mas não se preocupe, ela diz-nos sempre quando precisa de ser regada. Como? Com a falta de água, as folhas desta espécie começam a murchar e a descair, comunicando assim que está a precisar de água. Depois da rega, as folhas voltam ao normal.

Estão apresentadas as cinco melhores plantas para quartos. Estas são as mais indicadas e perfeitas, a nosso ver, para ter em qualquer quarto de dormir. As cinco podem ser regadas apenas quando o solo estiver completamente seco e todas elas conseguem viver em quartos com pouca, a muita luz natural difusa. Ainda assim, é necessário ter atenção às condições do quarto – humidade, luz e arejamento da divisão. Diferentes condições exigem diferentes cuidados.

Não se esqueça, por ser uma divisão que pede descanso e descontração, recomenda-se sempre que tenha plantas de interior que não exigem muita atenção. Só assim, poderá tornar o seu quarto acolhedor, relaxante e com a minifloresta que sempre desejou.

PlantoDependente

Celso Teixeira e Diogo Gomes

Partilha este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


×